A importância do Mindfulness nos dias de hoje!

Você já ouviu falar de Mindfulness, certo?

Pois bem, para mim foi uma palavra que chegou à pouco tempo atrás mas que fez toda a diferença na minha vida. Confesso que nunca fui uma pessoa muito dada a investir tempo para estar comigo, fosse a meditar ou simplesmente a pensar na vida.

Aliás sempre achei que não trazia nenhum benefício e seria uma perda de tempo, e outras coisas mais importantes para fazer existiam.

Mas deixe-me falar como o mindfulness entrou na minha vida. Como falei nos post’s anteriores o stress e a ansiedade fizeram parte da minha, no últimos dois anos. Sentia-me desconcentrado, muitos pensamentos sem nexo, alguns medos imaginários, cansado e sem energia. Estava numa fase em que precisava de energia para iniciar um novo projecto na minha vida, mas estava a ter imensas dificuldades.

 

Até que uma amiga me falou e decidi experimentar. Vou lhe contar como foi o inicio da prática de Mindfulness!

No início foi um desafio incrível. Para além de ter de mudar um conjunto de crenças em relação a algumas coisas que faziam na vida, convidou-me a observar a vida de uma forma bastante diferente. Como qualquer novidade na nossa vida existe sempre uma fase de resistência, mas que foi superada.

Decidi comprar um curso online, que ensinava através de um programa estruturado um método ao longo de oito semanas. Uma dica que transformou a forma como encarei o desafio, foi aceitar que iria seguir à risca todos os desafios e exercícios e cumprir os prazos pré-estabelecidos pelo autor.

Um benefício claro e que mudou a forma de saborear os momentos e estar mais presente. A partir do momento em que passamos a estar mais presentes na nossa vida, passamos a ter um maior preenchimento interior e por consequência passamos a obter mais frequentemente mais momentos de paz interior e tranquilidade.

Confesso que no ínicio, fiquem sempre na dúvida em relação a estes benefícios, mas peço-lhe que confie em mim e experimente.

 

Vou apresentar-lhe uma lista dos benefícios aos praticar Mindfulness com consistência:

  • Viver em contacto consigo próprio e estar alinhado com o seu eu superior. Desta forma acredito que será mais fácil descobrir as verdadeira intenções e propósitos superiores na nossa vida. Este foi sem dúvida e o grande benefício da prática. Consegui aperceber-me de algumas vozes que me pediam para seguir determinados caminhos e viver novas paixões. Este tema das novas paixões e propósitos, pode investigar melhor aqui.
  • Saborear melhor os momentos presentes: momentos que antes não tinham qualquer sentido e significado passaram a ser altamente calmos e tranquilos e com vontade diferente de os saborear novamente, passando a ter noção clara do que é estar aqui e agora;
  • Aprender a ter uma dissociação clara dos nossos pensamentos. Um pensamento é só um pensamento e ele não tem ligação com a realidade. É apenas algo que vem e vai;

De uma forma muito breve vou passar-lhe alguns princípios do mindfulness e que podem transformar a sua vida. Recomendo leituras mais aprofundadas para saber melhor o que está por detrás destes princípios. Aqui vão eles:

– Não julgamento,
– Paciência,
– Mente de Principiante,
– Confiança,
– Não-esforço,
– Aceitação,
– Deixar ir.

Se tiver algum interesse pode conferir as dicas de uma das maiores especialistas da área, em Língua Portuguesa, Mikaela Övén, no vídeo abaixo: